Artigo

Matéria

Campinas Metrópole, setembro/outubro de 2001

EDITORIAL

O ano 2001 marcou a passagem cronológica para um novo século e milênio, em nosso calendário. Se haviam dúvidas quanto as transformações importantes em nosso planeta, os acontecimentos recentes marcam estas mudanças. A violência nos grandes centros urbanos é fenômeno mundial. Na cidade de Campinas, a questão do tráfico de drogas e roubos ganharam manchetes em veículos de comunicação nacionais. O mundo não será o mesmo, após os violentos ataques terroristas nos Estados Unidos. As suas conseqüências serão imprevisíveis. Num mundo em que o capital está acima das pessoas, não se pode esperar um futuro de paz social. O assassinato do prefeito Antônio da Costa Santos compõe retrato do clima de medo, que tomou conta de Campinas. Se este crime permanecer impune, as conseqüências deverão ser catastróficas para o futuro do município. Acima de questões ideológicas, partidárias, administrativas, o jornal ‘Campinas Metrópole’ acompanhava as ações do prefeito, sobretudo nas questões relativas ao meio ambiente e o seu compromisso em dar caráter deliberativo ao Conselho Municipal de Meio Ambiente (COMDEMA/Campinas). Apesar de tudo, os projetos para alterar o modelo de gestão dos resíduos sólidos em Campinas não podem sofrer solução de continuidade. Em respeito à memória do homem público comprometido com preservação ambiental e justiça social, as cooperativas para fazer avançar a reciclagem e geração dos compostos orgânicos em nossa cidade tem que se transformar em realidade.

<< voltar

[ home | empresa | projetos | treinamento | comunicação | pedidos ]
EcoSigma®
EcoSigma – Soluções Integradas em Gestão de Meio Ambiente Ltda.