Artigo

Matéria

Campinas Metrópole, novembro/dezembro de 2001

COLETA SELETIVA EM BARÃO GERALDO

Portaria publicada em setembro, no Diário Oficial do Município, cria um grupo de trabalho com a finalidade de definir a estratégia de implantação do modelo de gestão dos resíduos sólidos urbanos no município de Campinas. A sua função será orientar a implantação da coleta seletiva na cidade, em consonância com a organização de cooperativas destinadas a separar os materiais secos e limpos para a reciclagem. No mês de dezembro, no distrito de Barão Geraldo, se inicia a implantação do programa de coleta seletiva em Campinas. Esta será a primeira das 17 regiões em que a cidade foi dividida para ordenar o processo. O critério para definir uma região foi a quantidade dos resíduos passíveis de serem submetidos à reciclagem. “Cada região gerará resíduo para viabilizar uma cooperativa, com cerca de 30 trabalhadores”, esclarece o coordenador do grupo de trabalho, Adauto Marcosin. A comunicação do início da coleta seletiva, em Barão Geraldo, será através de outdoors, cartazes e folhetos. A coleta do material seco e limpo será realizada às terças e quintas, nos demais dias será coletado o material úmido e orgânico. “A nossa expectativa é de que haja resposta positiva da comunidade, mas a certeza só teremos na segunda quinzena de dezembro”, calcula Marcosin.

<< voltar

[ home | empresa | projetos | treinamento | comunicação | pedidos ]
EcoSigma®
EcoSigma – Soluções Integradas em Gestão de Meio Ambiente Ltda.